Google+ Como correr: 24 dicas que vão fazer você se apaixonar por esse esporte! | Curiosidades, Dicas e Humor

Como correr: 24 dicas que vão fazer você se apaixonar por esse esporte!


Correr é chato. É difícil. Dói. É solitário. Não traz resultados imediatos. Certo?


Essas podem não ser desculpas necessariamente boas, mas são suficientes para esfriar os ânimos de muita gente quando o assunto é praticar corrida regularmente. Eu mesma, que hoje corro todos os dias, lembro como se fosse ontem a primeira vez que tentei correr. Meus tornozelos queimavam, meu pulmão simplesmente parou de dar conta do meu reabastecimento de oxigênio e todo o meu corpo parecia que iria desmontar. Eu fiquei com vontade de correr foi para o sofá.


Mas como eu sou brasileira e não desisto nunca, continuei tentando. Primeiro de 2 em 2 minutos, depois 3, depois 5 minutos direto e agora, depois de 1 ano e meio treinando regularmente, já faço meus 10 km com uma tranquilidade antes inimaginável.


Se você também está começando agora, e está totalmente intimidado pelas suas primeiras experiências, calma. Seu corpo está se adaptando, aprendendo, e tem algumas coisas que você pode fazer para ajudá-lo.

Confira algumas dicas valiosas que vão facilitar e, muito, sua nova vida de atleta:

1. Esqueça o passado



Seja qual foi a experiência que fez você odiar correr, deixe ela enterrada no passado. Esqueça aquele treinador que fez você correr como um castigo. Esqueça aquelas memórias de infância de não ser o atleta. Só porque correr não era divertido para você no passado, não significa que não possa ser agora.

Ser um corredor não é correr com mais velocidade ou habilidade, é algo como um estado de espírito. Com o tempo, você vai ver, o seu corpo vai pedir/implorar por alguns quilômetros de pista.

2. Estabeleça uma meta


Estabelecer uma meta para cada corrida (mesmo que seja só “não andar”) cria pontos de referência de seu progresso e um sentimento de realização. E, olha, DÁ CERTO! Você se obriga a ser melhor que ontem, pior que amanhã.

Quando eu comecei, contava minha corrida por música. Por exemplo: vou correr essa música (cerca de 3 minutos e meio) a 8 km/h. Depois descansava. No dia seguinte, fazia a mesma música a 8,5km/h. E assim por diante.

Se você corre na rua, contar postes, por exemplo, pode ser uma ótima ideia.

3. Muita calma nessa hora


Comece devagar, sem pressão ou pressa. Muitas pessoas desanimam de correr logo de cara porque querem correr rápido. Se você vai com tudo, a todo vapor, se cansa, não consegue manter o ritmo e acaba desistindo. Segundo o treinador Ryan Knapp, o ideal é que, no começo, você mantenha um ritmo em que seja capaz de falar enquanto corre. Ou seja: comece com os famosos trotes. Embora isso possa ir contra a máxima “sem dor, sem ganho”, o ritmo mais lento garante que você construa sua resistência aeróbica e ensina o seu corpo a se tornar mais eficiente. Essa é justamente a chave para gerenciar melhor sua energia ao longo da corrida.
4. Arrume companhia


Se isolar e correr sozinho pode ser excelente – inclusive é o que funciona mais para mim. Mas se você tem dificuldades em manter a motivação em alta, junte um grupo de amigos que também estão começando. Vocês vão naturalmente passar pelas mesmas dificuldades e essa troca de experiências pode ser muito boa para segurar todo mundo na linha.

5. Invente alguns joguinhos


Lembra de todos os joguinhos de estrada que seus pais criavam para entreter e distrair você em viagens longas de carro? Então. Isso pode ser uma boa. Aposte com um amigo, por exemplo, se vocês conseguem encontrar todas as letras do alfabeto nas placas que aparecerem no caminho. Conte pessoas. Conte postes. Se você estiver na esteira, por exemplo, e ela estiver de frente para a rua, você pode contar quantas pessoas passam pela calçada. Quantas pessoas atravessam uma faixa de pedestres, nos segundos que um semáforo fica aberto? Use sua criatividade para criar jogos e se entreter com eles!

6. Faça caminhos diferentes


Essa é boa para quem quer saber como correr na rua. Funciona mais ou menos assim: se você come a mesma comida no almoço todos os dias, inevitavelmente vai enjoar. O mesmo acontece com caminhos repetidos. E quando a gente não está no auge na motivação, qualquer coisinha já serve para trocar a corrida por uma sessão de sofá com bastante pipoca.

7. Invista em você


A verdade é que um bom tênis é fundamental, se não essencial. Mas não precisar ser o mais caro da loja e sim ter qualidade. Roupas leves também fazem toda a diferença. Se você estiver realmente inspirado, um bom monitorador cardíaco vai super bem. Além de ajudar a controlar os batimentos e acompanhar o rendimento da sua corrida, pode contribuir com os jogos para te distrair nas corridas. No entanto, não use o fato de não ter uma dessas coisas ou todas elas como desculpa para não correr. Aos poucos, você pode investir nisso.

8. Encontre um final feliz


Se você pudesse ter qualquer coisa esperando por você no final de uma corrida difícil, o que seria? Para muitas pessoas, a recompensa é algo bem simples. Uma cerveja, talvez. Um litro de coisas boas, a seu critério. Qualquer coisa que coloque um sorriso bem feliz no seu rosto.

9. Intercale seus horários


Mudar periodicamente a hora do dia que você vai correr pode ter um enorme impacto sobre o seu desempenho e humor em geral. Embora seja difícil sair da cama logo cedo, especialmente com o propósito de correr, estudos mostram que as pessoas que se exercitam no período da manhã têm mais energia, uma redução sensível no apetite e dormem melhor do que aqueles que esperam até a noite.

10. Conheça sua vizinhança


Assim você pode encontrar pistas de corrida e potenciais parceiros de treino. Essas pessoas podem ser fazer companhia sem saber que estão de fato fazendo companhia, sabe como? Só por correr ali, no mesmo horário, mas sem cobrança ou pressão que transforme o exercício em uma responsabilidade extra.

11. Turbine sua playlist


Essa é uma das minhas dicas mais valiosas. Sabe aquelas músicas que você ouve e fica em um vício louco, colocando no repeat e ouvindo o dia inteiro, sem intervalo? Então. Esse é o tipo de música que tem que estar na sua playslist. Fora aquelas que dão uma alegria absurda de viver e uma vontade incontrolável de se mexer. Como esse critério é muito relativo, cada um tem que montar sua própria playlist dos sonhos. Mas existem alguns aplicativos e sites de música online, como o Spotify, por exemplo, que preparam sequências altamente turbinadas para correr a todo vapor.

12. Que tal um áudio-livro durante a corrida?


Pode parecer chato, mas eu garanto uma coisa: a sensação de estar aproveitando o tempo para se exercitar e ouvir um livro ao mesmo tempo pode ser extremamente revigorante. Fora que você pode parecer um mentecapto dando risadas em alto e bom som ao ouvir o sensacional “O Guia dos Mochileiros das Galáxias” no seu fone de ouvido. Você poderá dizer que leu o livro para os amigos ou simplesmente usar como uma boa desculpa para não ter que fazê-lo, fazendo.

13. Você corre na esteira?


Legal, eu também! E sabe o que eu faço quando estou com aquela preguiça enorme? Coloco a minha esteira de frente para a televisão e assisto meus seriados favoritos. Um episódio de Big Bang Theory tem cerca de 20 minutos, que passam voando quando você está deitado. Quando você está na esteira, acredite, eles passam correndo também. Em dois episódios você consegue correr um tempo ótimo.

14. Corra sem bugigangas digitais


Para algumas pessoas, é melhor não ficar contando calorias, quilômetros ou batimentos. Isso pode acabar tirando a atenção do exercício em si. Se você é uma dessas pessoas, vá correr sem gadgets e aproveite a experiência para relaxar, sentir seu corpo trabalhar e aproveitar a corrida pela corrida. Use esse momento para fugir do mundo.

15. Ah, não, quero apps!


Ok, temos uma dica para isso também. Existe um app muito legal chamado “cruise control”, que é especialmente bom para quem gosta de correr ouvindo música. Ele muda a batida da música para coincidir com a sua passada, o que dá um estímulo extra para ir mais e mais rápido, ou pelo menos para se manter ali, fazendo o DJ. É bem divertido.

Também têm apps como o Zombies Run, que fazem parecer que você está correndo de zumbis. Afinal, nenhum estímulo pode ser maior do que correr pela sua vida, não?

16. Faça da corrida um compromisso


Pode não parecer a coisa mais animadora do mundo, mas colocar a corrida como parte de sua programação ajuda a fazer dela um propósito maior. Da mesma forma que você acorda, toma café da manhã, vai para o trabalho e faz x, y e z, você corre. E mesmo que for uma corrida lenta, é muito melhor do que fazer nada. Nada deve ficar no caminho da corrida a não ser chuva torrencial, compromisso inadiável ou touros.

17. Corra, corra e corra


Escolha um evento de corrida para participar e realmente pague a taxa de inscrição. Porque quando a gente mexe no bolso… Esse realmente pode ser o “algo a mais” para estimular o seu treinamento. Fora que entrar em um ambiente de corrida pode ser extremamente motivador e inspirador.

18. Acelera aê!


Exercícios de velocidade podem machucar (OK, eles machucam muito), mas nós prometemos que você certamente não vai ficar entediado! Correr, para falar a verdade nua e crua, é simples. Pode parecer cruel no início, mas tente repetir a dose todos os dias. O seu corpo se acostuma e, mais: começa a pedir.

19. Compartilhe


Participe de grupos de corrida no Facebook e divida suas experiências. Isso dá um ânimo extra. Fora que você começa a perceber que compartilha não só de um hábito, mas sim de um estilo de vida.

20. Não se esqueça de medir seus avanços


Mantenha um registro de sua vida como corredor. Como você vai, isso é certo, melhorar constantemente, é importante ter uma noção de todo esse avanço.

21. Desafie-se


Talvez você tenha feito algumas corridas de 5 km locais e queira levar a corrida para o próximo nível. Inscreva-se para uma corrida mais longa. Quem sabe esteja na hora de encarar novos desafios.

22. Faça uma pausa


Se você realmente odeia correr, apesar de ter tentado todos os “truques” de que falamos, talvez a corrida não seja seu esporte mesmo. Ou, talvez, você só precise de uma pausa. Alguns corredores dizem que praticar corrida é como estar em um relacionamento: primeiro você gosta, depois você gosta muito… E então algo acontece e você precisa dar um tempo. Quando você volta, é como redescobrir o amor verdadeiro.

23. Queira muito ser um corredor


Tornar-se um corredor requer que você reconheça o valor de cada passo ao longo do caminho. E você precisa querer chegar a algum lugar. Se você quer correr uma maratona em um determinado ritmo, esse objetivo final é o que estará conduzindo sua motivação diariamente.

24. NÃO DESISTA!


Talvez a corrida não seja para todos, mas você não saberá até tentar – e estas dicas que você acabou de ler são algumas maneiras de, pelo menos, se divertir tentando. Se você tem algum prazer nesse esporte, alguma satisfação em conquistar objetivos e superar os limites do seu próprio corpo, faça um favor a você mesmo e não desista. 

Share on Google Plus

About Lello Pensador

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.