Google+ Cientistas descobrem ingrediente alimentar que faz as pessoas se sentirem satisfeitas | Curiosidades, Dicas e Humor

Cientistas descobrem ingrediente alimentar que faz as pessoas se sentirem satisfeitas


Cientistas britânicos desenvolveram um ingrediente que faz com que os alimentos sejam mais satisfatórios para as pessoas, ou seja, elas se sentem mais cheias depois de comer quando esse ingrediente está presente na dieta. Isso pode ajudá-las a comer menos, e consequentemente ganhar menos peso.

O ingrediente, criado por pesquisadores do Imperial College London e da Universidade de Glasgow (ambas no Reino Unido), contém propionato, uma substância natural que estimula o intestino a liberar hormônios que atuam no cérebro para reduzir a fome.

O propionato é produzido quando consumimos fibras. Ele é fermentado por micróbios no intestino. No entanto, teríamos que comer muita fibra para conseguir um efeito significativo de redução de fome naturalmente.

Sendo assim, os pesquisadores desenvolveram um novo ingrediente, a inulina-propionato de etilo (IPE, na sigla em inglês), que fornece quantidades muito maiores da substância do que as pessoas podem gerar numa dieta normal.

O estudo

Na primeira parte do experimento, 20 voluntários receberam ou o IPE criado pelos cientistas ou apenas inulina, uma fibra dietética, e depois puderam comer o quanto queriam em um buffet.

A equipe descobriu que aqueles que receberam IPE comeram 14% menos, em média, do que os outros participantes, e apresentaram maiores concentrações de hormônios de redução do apetite em seu sangue.

Na segunda fase, 60 voluntários com sobrepeso participaram de um estudo de 24 semanas no qual metade recebeu IPE em pó para adicionar à sua comida e metade apenas inulina.

Somente um dos 25 voluntários que completaram o estudo e receberam IPE ganhou mais de 3% do seu peso corporal, em comparação com seis dos 24 que receberam inulina. Ninguém no grupo do IPE ganhou mais que 5% do seu peso corporal, em comparação com quatro no grupo de inulina.

Após 24 semanas, o grupo do IPE também tinha menos gordura no abdômen e no fígado em comparação com o grupo da inulina.

Embora os resultados sejam de um estudo pequeno em estágio inicial, eles oferecem sinais encorajadores que o IPE pode ajudar a prevenir o ganho de peso em pessoas que já estão acima do valor ideal.

O novo passo da pesquisa é encontrar a que tipos de alimentos o IPE poderia ser acrescentado para auxiliar nas dietas. De acordo com os pesquisadores, bons candidatos são pães ou shakes de frutas.

Fonte: hypescience
Share on Google Plus

About Lello Pensador

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.