Google+ 10 backups que você deveria fazer (não apenas de computadores) | Curiosidades, Dicas e Humor

10 backups que você deveria fazer (não apenas de computadores)


Você já ouviu isso antes, mas vale a pena repetir: é preciso fazer backup de seu computador, porque seu disco rígido vai falhar INEVITAVELMENTE um dia. Além desses backups de arquivos, no entanto, muitas outras coisas necessitam de um plano B para que não haja desespero no momento em que você se encontrar em uma sinuca de bico.

1. Planos para o futuro



Qual é o seu Plano B? Se você está começando uma parceria de negócios, se precisa mudar de emprego, se quer casar e não tem dinheiro… Mesmo seus planos mais bem definidos precisam de um backup. Um Plano B é mais do que um salva-vidas, é um calmante da mente e uma segurança para as lombadas que você com certeza encontrará em seu caminho. 


2. Kit de sobrevivência



A maioria das pessoas não se prepara para uma situação na qual ficará potencialmente sem energia, comida, água. Alguns sequer têm uma lanterna em casa. O kit de emergência de 72 horas é o rei dos backups. É essencial manter alguns suprimentos de sobrevivência em seu carro ou sua casa. Esse kit pode representar a diferença entre viver ou morrer.

3. Contatos de emergência



Esperamos que você já tenha um contato de emergência em sua carteira ou no seu telefone. Esta pessoa é como um backup em caso de você ficar inconsciente ou de outra forma não poder falar por si mesmo. É importante ter mais de um contato (backup do backup!) para diferentes situações de emergência possíveis.

4. Documentos oficiais



Seu passaporte, carteira de motorista, certidão de nascimento e até mesmo seus registros de vacinação podem ser importantes em um futuro distante. Muitos de nós só guardarmos estes documentos em formato de papel, mas é uma ótima ideia fazer um backup digital, apenas no caso de você perder ou não encontrar os originais.

5. Outro computador ou tablet



A maioria dos jovens já tem vários dispositivos. É conveniente ter um laptop ou tablet adicional como uma forma de backup. Se um dispositivo trava ou pega um vírus, você pode usar o outro em seu lugar, ou para ajudá-lo a concertar o primeiro. Se a energia cai, é bom ter um notebook adicional carregado. Novamente, isso pode ser mais importante para as pessoas que usam seus computadores para o trabalho ou outros projetos críticos, mas até ter uma versão portátil do Linux em um pen drive poderia salvar o dia.


6. Internet


Se você trabalha em casa ou conta com a internet para fazer muitas coisas, como pagar contas, é melhor ter uma forma secundária de ficar online, além do plano de internet que você tem em casa. Pode ser o seu smartphone, usado como um Wi-Fi para o seu laptop e outros dispositivos, ou um ponto de internet móvel. Também pode ser apenas saber onde fica o ponto mais próximo de Wi-Fi gratuito de sua casa (um café que você frequenta, por exemplo). Basta uma falha de internet para atrapalhar sua vida e te lembrar que você deve ter uma linha de internet de backup para emergências.

7. Trabalho


Ficar à frente de seus projetos no trabalho pode não se encaixar na definição de todos de “backup”, mas isso ajuda a lidar com situações de emergência, que é exatamente para o que os backups servem. Se há uma série de relatórios que você deve enviar todo mês, por exemplo, ter alguns extras já feitos pode ajudá-lo em um mês que você tiver problemas em cumprir prazos. Muitos escritores, por exemplo, têm ideias e textos prontos ou arquivados para o caso de terem que entregar algo e não conseguirem fazer. No mínimo, ter um plano de contingência se algo der errado com a sua função no trabalho vai te oferecer alguma paz de espírito, outra razão pela qual existem os backups.

8. Segundo cartão de crédito


Muitos não querem ter vários cartões de crédito para não ficar se atolando em dívidas. É compreensível. Mas nunca se sabe quando você vai perder seu cartão, ou atingir o limite dele etc. Ter pelo menos dois pode ajudar. Guarde o que você não usa como um backup. Você também pode designar um cartão apenas para viagens, assim, se ele for perdido, seus pagamentos recorrentes com o outro cartão não serão afetados (embora seja bom levar sempre dois cartões nas viagens, para não ficar sem nenhum em caso de perda ou roubo).

9. Poupança


Você pode não pensar na poupança como um backup, mas ela é sim um. Assim como os discos rígidos falham inesperadamente, emergências financeiras ocorrem – seu carro quebra, seu chefe te despede etc. Não dá para dizer quanto você precisa ter na poupança idealmente, mas a questão mais importante é ter um apoio financeiro para os tempos difíceis.

10. Computador


Esse item é o mais óbvio, mas precisa estar aqui. Se você ainda não aprendeu por conta própria, tendo perdido vários vídeos e fotos insubstituíveis, evite esse desgosto criando um sistema de backup. É muito fácil e barato (ou até de graça). Dá para comprar (por quantias baixas, como R$ 10 ao mês) um espaço de armazenamento online ilimitado, ou usar nuvens de armazenamento gratuitas, ou ainda ter um backup em uma unidade externa, como um HD externo. Na verdade, é melhor ter vários backups de seus arquivos mais importantes em lugares diferentes. Aqui na edição utilizamos o Crashplan, com volume de dados ilimitado e mais um HD externo para backup local. Mas já usamos também o Mozy, que é uma solução também muito boa. Se você não tem um volume grande de dados para guardar pode ter sempre uma pasta que mande todos os seus dados que merecem backup para o Google Drive ou Dropbox.

Fonte: hypescience
Share on Google Plus

About Lello Pensador

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.