Google+ Dieta do videogame: pesquisadores descobrem como ele leva a comer menos | Curiosidades, Dicas e Humor

Dieta do videogame: pesquisadores descobrem como ele leva a comer menos


A próxima vez que seu filho lhe perguntar se ele pode jogar uma partidinha de videogame rápida antes do almoço, não se sinta culpado por dizer que sim, ele pode. Aliás, de acordo com esse novo estudo da Universidade de Ryerson, no Canadá, ele até deve. O estudo sugere que esse hábito, quando praticado antes das refeições, ajuda adolescentes a ficarem mais saudáveis e felizes.

Como é que é?

A gente não precisa ir muito a fundo na literatura científica para encontrar trabalhos que sugerem que atividades relacionadas a ficar muito tempo sentado e de frente para telas são sedentárias e estimulam o apetite das crianças. Mas o estudo do professor de nutrição da Universidade de Ryerson, Nick Bellissimo, descobriu que as coisas não funcionam exatamente assim.

Ele concluiu que, quando os meninos jogavam Angry Birds, eles consumiam, em média, 50 calorias a menos do que quando não se envolviam em qualquer atividade antes das refeições.

Essa descoberta representa a primeira vez que alguém demonstrou que jogar videogames contribui para reduzir o consumo de energia na próxima refeição, segundo o professor Bellissimo. “Na verdade, este resultado está nos forçando a reavaliar tudo o que pensávamos que sabíamos sobre o efeito da exposição de tela no comportamento alimentar em crianças dentro da faixa de peso saudável”, completa.

Vídeogame ajuda a comer menos

Bellissimo convidou um grupo de meninos para participar do estudo realizado em um laboratório da Universidade de Ryerson, o único no Canadá dedicado a pesquisar a nutrição infantil. O estudo envolveu um grupo de meninos, variando de nove a 14 anos, que tinham um peso corporal saudável.

Durante quatro visitas de manhã ao laboratório, os meninos ou ficaram jogando 30 minutos de Angry Birds ou ficaram em silêncio pela mesma meia hora. Depois, o almoço foi servido. Cardápio: pizza. As crianças foram convidadas a comerem até se sentirem confortavelmente satisfeitas. O humor de cada menino também foi medido no momento em que chegaram ao laboratório e depois de terminarem a refeição, com o uso de escalas especiais desenvolvidas pelos pesquisadores.

Além disso, os meninos que chegaram ao laboratório mais felizes tenderam a comer menos depois de jogar Angry Birds.

De acordo com o professor Bellissimo, desde que a criança seja fisicamente ativa e esteja envolvida em uma variedade de atividades, os pais não devem se preocupar com o videogame. Pois, na verdade, isso pode até ajudá-los a consumir menos calorias e manter um peso corporal saudável – embora trabalhos futuros nesta área ainda sejam necessários para confirmar esse fato.

Fonte: hypescience
Share on Google Plus

About Lello Pensador

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.