Google+ 4 dicas de como comprar smartphones (e vender também) | Curiosidades, Dicas e Humor

4 dicas de como comprar smartphones (e vender também)


Hoje em dia, ter um smartphone está mais fácil do que sentir fome na hora do almoço. Mas para fazer um bom negócio de verdade na hora de comprar, vender ou trocar o seu, é preciso ter atenção redobrada em uma série de detalhes – principalmente no que diz respeito a algumas ciladas que as operadoras podem montar pra gente. E, para ajudar você nessa missão cheia de pegadinhas, preparamos um guia rápido e bastante prático com algumas dicas.

1. Como escolher um bom plano?

A dica número zero desse guia é o que todo mundo sabe, mas, na hora da empolgação, quase todo mundo esquece: cuidado com asteriscos e letras pequenas. Quando operadoras montam aqueles planos de conta que dão celulares de “brinde”, cuidado. Não tem nada de brinde nessa história. O valor do celular está devidamente incluso no valor mensal que você irá pagar. Só que se o contrato for de dois anos, por exemplo, você termina de pagar o aparelho e mesmo assim o valor mensal não diminui. Ou seja: você não só paga o aparelho, como paga mais do que ele de fato vale.

Como bem aconselha Farhad Manjoo, colunista do jornal New York Times, a melhor ideia é contratar um serviço que não tenha contrato de fidelidade e que não inclua o aparelho. Assim você pode aproveitar promoções, ou só pagar pelo preço justo de um smartphone mesmo.

2. Como escolher um aparelho?

Também segundo o colunista do NY Times, se você está procurando um smartphone já pensando em vendê-lo, ou trocá-lo, daqui algum tempo – o que de fato é uma boa ideia –, o melhor para você é um iPhone. Isso por um motivo muito simples: os iPhones mantêm um valor de revenda mais alto do que dispositivos Android. Pode ser que isso mude, mais em breve do que a gente espera, mas, pelo menos por enquanto, essa ainda é a realidade. Principalmente porque os produtos Apple são grandes objetos de desejo, e sinônimo de status para muitas pessoas, o que agrega muito valor ao produto, sendo ele novo ou usado.

3. Como vender ou trocar seu smartphone antigo?

Há muitos jeitos de fazer isso. Mas, em geral, o método que dá mais certo provavelmente é negociar e vendê-lo diretamente para um novo usuário. Nesse caso, a internet é um bom jeito de anunciar seu produto. Sites especializados em “classificados” e grupos no Facebook são um jeito fácil e rápido de encontrar interessados. Mas isso também não significa que o processo como um todo será mamão com açúcar. É preciso ver como entregar o aparelho, quais serão os métodos de pagamento, e quanto as pessoas estão dispostas a pagar – o que nem sempre bate com o valor que você quer receber.

4. Como comprar um aparelho usado?

Primeiro de tudo, você pode estar se perguntando: qual é a vantagem? Bom, a verdade é que você pode acabar pagando até metade do preço por um aparelho usado do último modelo de uma determinada marca – o que talvez seja um bom investimento caso você não tenha grana para bancar um aparelho novinho em folha, mas queira usufruir de todas as facilidades de um smartphone. Da mesma forma que vender na internet é uma boa escolha, procurar oportunidades por aqui é um bom caminho também.

Quando uma oportunidade parecer interessante, não se esqueça de perguntar todos os detalhes do aparelho, como tempo de uso, condições, modelo, se ele está vinculado a algum plano, se já está completamente pago, etc. Pesquisar muito, e perguntar mais ainda, é fundamental. 

Share on Google Plus

About Lello Pensador

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.