Google+ Tudo o que você não sabia sobre chá | Curiosidades, Dicas e Humor

Tudo o que você não sabia sobre chá


Você toma um chazinho todos os dias no escritório, mas sabe do que ele é feito e, principalmente, como ele é feito? Nós temos a resposta!

O chá é uma infusão de folhas secas mergulhadas em água quente. O processo libera várias substâncias saudáveis incluindo vitaminas E e C, cafeína e antioxidantes.

Você sabia, no entanto, que apesar de ter inúmeros sabores alguns tipos de chá industrializado vem, basicamente, sempre da mesma planta? Isso mesmo, não importa se você vai tomar chá preto, chá verde, chá branco, amarelo ou Oolong. Todos esses chás são provenientes da mãe de todos os chás, a Camellia sinensis (aposto que você já leu o nome em alguma embalagem).

O que afeta o sabor da planta é a região onde ela é cultivada (por isso alguns fabricantes importam folhas de lugares remotos, mesmo tendo plantações de Camellia sinensis mais próximas). O clima e o solo modificam completamente seu gosto.

Mas a planta não produz folhas de chá prontas: elas precisam ser tratadas. Até a folha chegar à sua xícara muita coisa acontece, dependendo do tipo de chá que se quer produzir. Confira:

Oxidação: é o processo natural no qual as folhas começam a escurecer e ficar mais secas. Isso acontece através de uma enzima que catalisa algumas substâncias na folha. Nos chás mais leves, como o chá branco, esse processo é interrompido com o cozimento das folhas antes de sua oxidação. O cozimento faz com que a enzima seja desativada. Já no chá preto a oxidação é desejável e ela ocorre antes das folhas serem esmagadas.
Enrolamento: para ajudar na preservação do sabor, algumas folhas são enroladas antes de serem submetidas à secagem. O chá verde é normalmente enrolado, assim como o Oolong.
Tostagem: Depois de secas as folhas podem ser tostadas – as variedades mais amargas do chá passam por esse processo.

Depois de todo esse tratamento o chá é embalado e chega até você. Mas há várias coisas que você faz em casa que afetam o sabor do chá, como a maneira com que você o guarda e, no preparo, o tempo que você o deixa em imersão. A imersão é praticamente uma arte: deixe o saquinho na xícara por muito tempo e o chá ficará amargo e intragável. Deixe pouco tempo e você tomará uma xícara de água quente. Tudo vai do gosto de cada pessoa, então experimente até conseguir achar seu “ponto” preferido.

Share on Google Plus

About Lello Pensador

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.