Google+ Conheça a única aranha que passa o dia todo embaixo d’água | Curiosidades, Dicas e Humor

Conheça a única aranha que passa o dia todo embaixo d’água


Você conhece alguma aranha mergulhadora, que passa a maior parte do tempo debaixo d’água? A incrível aranha-de-água (Argyroneta aquática) só precisa vir a superfície para pegar ar uma vez por dia.

Elas vivem em lagos, lagoas e córregos lentos em toda a Europa e norte da Ásia. São as únicas aranhas que vivem suas vidas inteiras na água, acasalando, pondo ovos e capturando presas em suas teias de seda, construídas entre a vegetação sob a superfície da água.

Elas criam bolhas que se enchem de ar para respirar debaixo d’água. E, segundo um novo estudo, essas bolhas se comportam como guelras, extraindo oxigênio dissolvido da água e dispersando dióxido de carbono.

Para preencher essa “teia bolha” de ar a fim de respirar, as aranhas usam pelos finos em seu abdômen para transportá-las até a superfície da água. Os cientistas debatem há muito tempo quantas vezes elas tinham de voltar à superfície para reabastecer seu suprimento de ar.

Eles simularam uma lagoa em laboratório, em condições de um dia quente de verão, para testar as aranhas. Anteriormente, a crença sugeria que elas tinham que vir à superfície a cada 20 a 40 minutos durante todo o dia.

Os cientistas também mediram os níveis de oxigênio no interior e em torno da bolha de ar. Ao medir as diferenças, eles identificaram uma troca de gás semelhante à realizada pelas brânquias dos animais que respiram debaixo d’água.

Conforme a aranha consome o oxigênio da bolha, reduz a concentração de oxigênio no seu interior. O gás fica abaixo do nível de oxigênio dissolvido na água, e quando isso acontece, pode ser conduzido para dentro da bolha.

O dióxido de carbono que a aranha produz não é um problema, porque é facilmente dissolvido na água e nunca acumula.

Porém, ao contrário dos animais que trocam oxigênio e dióxido de carbono em brânquias, as aranhas têm de lidar com outros gases no ar que transportam. Na mistura de gases recolhida, como o oxigênio é retirado da bolha e o dióxido de carbono não acumula, o nitrogênio aumenta de concentração.

Como o nitrogênio se dispersa com a bolha, ela eventualmente colapsa, mas isso acontece muito devagar, quase ao longo de um dia. Isso é muito útil: a aranha é capaz de permanecer embaixo d’água em dias muito quentes, quando a sua taxa metabólica é mais alta que o normal, se a água estiver bem oxigenada.

Isso significa que elas voltam à superfície com pouca frequência, evitando o risco de serem apanhadas por predadores, como aves. Também permite que as aranhas esperem pacientemente uma presa passar.


Image and video hosting by TinyPic
03 unidades - R$9,99
10 unidades - R$27,00
100 unidades - R$250,00
Share on Google Plus

About Lello Pensador

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.