Google+ Como cuidar da bateria do seu celular | Curiosidades, Dicas e Humor

Como cuidar da bateria do seu celular


Seu smartphone parece um pequeno milagre: um computador de bolso que pode fazer tudo o que você precisa e ainda lhe render vários outros caprichos.

Mas nenhum de seus superpoderes importa se a bateria acabar. E, com tudo que esse aparelhinho pode fazer, o descarregamento ocorre sempre mais rápido do que desejaríamos.

Com as baterias removíveis ficando cada vez mais raras, é preciso cuidar muito bem da que você tem. Felizmente, não é difícil manter as costumeiras baterias de íons de lítio de seu celular saudáveis.

Obviamente, a primeira regra para estender a vida útil da bateria é não desgastá-la jogando Candy Crush ou andando com Wi-Fi e GPS ativados quando você não está usando nenhum. Fora isso, no entanto, existem algumas regras básicas para o cuidado de sua bateria. Confira:
Não espere a bateria acabar para recarregá-la

Você já deve ter ouvido falar do “efeito memória” das baterias – se você recarregá-las antes delas ficarem totalmente vazias, elas “esquecem” parte da sua capacidade e passam a descarregar mais rápido.

Esqueça isso.

A memória da bateria é uma coisa real, sim, mas que se aplica apenas a baterias de níquel. Seu companheiro atual muito provavelmente tem uma bateria de íons de lítio, que precisa ser tratada de forma um pouco diferente.

Para tirar o máximo proveito de uma bateria de íons de lítio, você deve tentar mantê-la acima de 50% de sua capacidade por mais tempo possível. Deixá-la descarregar totalmente não vai ajudar; na verdade, vai prejudicar um pouco sua vida útil se você fizer isso com muita frequência (ainda assim, é inteligente fazer uma descarga completa uma vez por mês para “calibração”).

Também não é bom carregar seu celular ou outro gadget o tempo todo, pois as baterias de íons de lítio podem ficar superaquecidas. Felizmente para você, seu carregador é inteligente o suficiente para lhe ajudar com isso – ele “desliga” o carregamento uma vez que o dispositivo está 100%.

Mas, para complicar um pouco mais, sua bateria não gosta particularmente de estar completamente cheia. Na verdade, ela vai se comportar o melhor se você tirá-la da carga antes dela atingir 100%. Deixá-la ligada na tomada quando já estiver cheia vai causar um pouco de degradação.

Em resumo, se você realmente quiser otimizar a vida da sua bateria, você deve tentar fazer com que seu celular tenha sempre entre 40% e 80% de carga, recarregando-o para atingir esses níveis sempre que possível. Várias pequenas cargas não são tão ruins quanto ir de 0 a 100% o tempo todo, mas não são ótimas também.

Mantenha seu dispositivo fresco

Nossos maus hábitos de carregamento graças ao treinamento que tivemos com as velhas baterias recarregáveis são prejudiciais, mas as baterias de íons de lítio têm um inimigo pior: o calor.

A bateria de seu smartphone degradará muito mais rapidamente se estiver quente, não importando se está sendo usada ou não.

A 0 graus Celsius (0°C), uma bateria de íons de lítio perde 6% da sua capacidade máxima por ano. A 25°C, esse número salta para 20%. A 40°C, perde gritantes 35% da sua capacidade anualmente. Em condições extremas (60°C), a bateria perde 40% de sua capacidade a cada 3 meses.

Claro, não é exatamente prático nem inteligente manter seu telefone na geladeira, mas com certeza ajuda evitar que ele passe longas estadias em carros fechados e outros ambientes quentes.

Evite carregamento sem fio

Carregamento sem fio pode ser extremamente conveniente se o seu telefone é capaz de fazer isso, mas não vem sem desvantagens. Os carregadores sem fio existentes hoje têm o péssimo hábito de gerar um pouco de calor.

E, enquanto o desperdício de energia é apenas uma chatice em geral, o calor vai prejudicar sua bateria no processo. É um pouco menos prático, mas o carregamento padrão na tomada vai manter sua bateria em melhor forma, especialmente se você já estiver em algum lugar quente.

Não deixe a bateria totalmente descarregada, mesmo parada

Obviamente, usar a bateria irá-la degradar. Mas ela vai morrer lentamente mesmo se você deixar seu iPad no armário, parado. Há um truque para minimizar esse envelhecimento inevitável, porém: deixá-la pelo menos um pouco carregada.

Se você estiver planejando abandonar por longo período um dispositivo com bateria de íons de lítio, tente deixá-lo com pelo menos 40% de energia da bateria. As baterias de íons de lírio não perdem 30% de seu poder ao mês como as baterias de níquel fazem, mas perderão talvez 5 a 10% de sua carga mensalmente.

E quando as baterias de íons de lítio ficam muito baixas – literalmente 0% -, ficam seriamente instáveis e perigosas de se carregar. Para evitar desastres como explosões, elas têm circuitos de autodestruição que irão desativar uma bateria muitas vezes ainda boa se ela ficar descarregada totalmente.

No fim, não esquente a cabeça com isso

As dicas são úteis, mas como não são capazes de fazer a bateria durar muito mais do que ela vai durar de qualquer maneira, é fácil ficar com preguiça de cuidar bem dela.

Normalmente, uma bateria de íons de lítio dura de três a cinco anos, e muitos querem trocar seus aparelhos em algum momento entre esse período de qualquer maneira. O ligeiro dano causado por deixar seu telefone ligado durante toda a noite, todas as noites, ou usar carregamento sem fio, talvez não valha a inconveniência de trocar tais hábitos.

Ainda assim, é muito fácil manter sua bateria razoavelmente saudável, evitando a tortura particularmente notória de deixá-la zerar por completo todos os dias, ou largá-la em um carro quente o tempo todo. Da próxima vez que você voltar para casa com potência de sobra, você vai agradecer a si mesmo por ter sido apenas um pouco cuidadoso.

Fonte: hypescience.com

Image and video hosting by TinyPic
03 unidades - R$9,99
10 unidades - R$27,00
100 unidades - R$250,00
Share on Google Plus

About Lello Pensador

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.