Google+ As 7 Piores Dicas de Dieta | Curiosidades, Dicas e Humor

As 7 Piores Dicas de Dieta


Outro dia, já desbancamos alguns mitos do fitness, agora é hora de examinarmos algumas "dicas de dieta" bem questionáveis que encontramos por aí. Quando se fala em nutrição, é importante desbancarmos alguns mitos… vamos lá?

1. "Evite gorduras"

Nem toda gordura é prejudicial. Enquanto gorduras em cookies, "chips" e carne em exagero podem aumentar o colesterol e o risco de certas doenças, existem também as "gorduras boas". Castanhas, abacate e salmão, por exemplo, são riquíssimos em gorduras e protegem seu coração e sua saúde em geral. E, sim, quando inseridos em uma dieta saudável, essas gorduras facilitam seu emagrecimento.
2. "Calorias são todas iguais, e você deve contá-las!"

A qualidade das calorias é um elemento mais importante na dieta: os nutrientes contidos nos alimentos impactam muito sobre como o organismo reagirá às calorias desses alimentos. Calorias são bem diferentes umas das outras: 50 calorias de maçã vão causar um efeito completamente diferente no seu organismo que 50 calorias de batata frita! A contagem de calorias pode, sim, ser uma ferramenta interessante para você entender mais sobre sua alimentação, mas fica por aí. Ela nunca deve ser tomada de forma isolada para determinar a sua dieta.

3. "Beba muito suco de frutas"

Enquanto ainda muito melhor que refrigerante, juntar tudo que você deveria comer de frutas em um dia e colocar tudo em um suco, também não é uma grande ideia. São dois problemas. O primeiro, é que as fibras da fruta se perdem. O segundo é a quantidade de frutas ingeridas ao mesmo tempo, que sobrecarregam o organismo com açúcar. O melhor é sempre comer as frutas ao natural. Se for fazer um suco, use apenas 1 ou 2 frutas no máximo, de preferência sem coar para não perder completamente as fibras.

4. "Para emagrecer, coma o menor número de calorias possível"

Quando você corta drasticamente o número de calorias que consome, seu corpo entra em "modo econômico", ou seja, seu metabolismo desacelera e ele começa a conservar mais energia. Se o seu objetivo é perda de peso, uma dica é focar em alimentos nutritivos e cortar não mais do que 500 calorias diárias, sempre associados à exercícios físicos (em geral, isso vai promover um emagrecimento saudável de 0,5 quilo por semana.


5. "Pare de ‘beliscar’ comida durante o dia"

Comer em pequenas porções e de forma frequente é uma excelente maneira de controlar a fome, e fazer melhores escolhas nutricionais. O grande problema é o tipo de comida: troque os biscoitos e guloseimas por opções mais inteligentes como castanhas, frutas e iogurte. Os alimentos certos, quando consumidos de forma regular, mantêm o seu nível de energia sempre alto ao longo do dia. É importante aprender a “ouvir seu corpo”, e não simplesmente comer por que “está na hora” (cuidado com a falsa fome!).

6. "Para diminuir o colesterol, evite ovos"

Vamos quebrar esse mito de uma vez por todas. O ovo é um alimento praticamente perfeito, muito saudável. E, contrário ao mito, de acordo com estudos mais recentes o ovo pode até melhorar o HDL (“colesterol bom”). Ele melhora a saúde do cérebro, do fígado, reduz inflamações, contém proteínas e muitas vitaminas. Enfim, incluir de 4 a 6 ovos por semana é uma excelente pedida para a saúde!

7. "Adoçantes artificais são um grande substituto ao açúcar"

Para quem acha que está fazendo um grande bem ao substituir o refrigerante normal pelo diet, saiba que não é à toa que essa porcaria lidera o ranking dos piores alimentos do mundo. Além de todos os problemas conhecidos associados a adoçantes como o aspartame (ansiedade, compulsão alimentar, depressão, enxaqueca, entre muitos outros), um estudo recente mostrou que o consumo prolongado aumenta o risco de diabetes tipo 2 em 67%. Se não quiser abandonar o açúcar, prefira substituí-lo quando possível por aduçantes naturais, como stevia ou mel.

E você? Já caiu em alguma dessas? Conhece alguma outra “dica infalível” que merece estar nessa lista?

Share on Google Plus

About Lello Pensador

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.